O jogo sujo e calhorda de culpar a ocupação das escolas pela morte do jovem no Paraná

Publicado: 27/10/2016 em NOTÍCIAS

BLOG DOS SERVIDORES DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

27.10.2016
Do blog DIÁRIO DO CENTRO DO MUNDO,25.10.16
Por Mauro Donato

O jovem Lucas Eduardo Araújo Mota, de 16 anos, morreu ontem em uma escola estadual de Curitiba. A escola está ocupada há cerca de 20 dias por estudantes que protestam contra a reforma no ensino médio. As circuntâncias ainda não estão claras, segundo o movimento secundarista Ocupa Paraná, Lucas não era um dos estudantes que ocupava a escola. Já para o secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita, a briga que resultou na fatalidade foi gerada por uso de drogas dentro do colégio.

A intenção das autoridades é obviamente desqualificar o movimento estudantil e apresentar um cadáver como consequência da ‘irresponsabilidade’, da ‘vadiagem’, do ‘despropósito’ das ocupações. O mesmo foi feito após a morte da estudante Rayzza Ribeiro, de 21 anos, que era ativista em uma ocupação na escola Miguel Couto no Rio de Janeiro.

O Paraná de Beto Richa…

Ver o post original 474 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s