Arquivo da categoria ‘MÚSICA’

29.12.2014
Do portal da UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
O Teremim

Um dos primeiros instrumentos eletrônicos, o theremin, também é um dos mais extraordinários na performance musical. Para tocá-lo não é necessário o contrato físico com o instrumento. Basta aproximar e distanciar as mãos de suas antenas.

Desenvolvido pelo físico e músico russo Lev Sergeivich Termen (Léon Theremin) em 1920, o theremin foi patenteado em 1927 e produzido por vários anos nos Estados Unidos pela RCA Victor. Antes de desenvolver o primeiro sintetizador, Robert Moog construiu vários modelos de theremins entre 1950 e 1960. Atualmente a Moog Music é a principal fabricante de theremins.

Osciladores são usados para produzir sons que, por usa vez, são amplificados e ouvidos através de alto-falantes. Na execução do instrumento, em geral, a mão direita controla a altura do som (frequência) enquanto que a esquerda controla a amplitude do som (volume). Movimentos rápidos com a mão direita próximos à antena vertical, que controla a frequência, produzem efeitos de vibrato. Movimentos rápidos com a mão esquerda na antena circular, que controla o volume, produzem efeitos de trêmolo.

O theremin produz um sinal de áudio pela combinação de duas altas frequências de rádio diferentes. A capacitância do corpo humano próximo às antenas causa mudanças na frequência do sinal de áudio.

É um intrumento difícil de ser tocado, necessitando ótimo senso de afinação e audição por parte do executante. Geralmente são produzidos sons em glissandos, mas um bom instrumentista porderá produzir notas em staccato.

O primeiro compositor a incluir o theremin em peças orquestrais foi o russo Dmitri Shostakovich. em 1931 esse compositor utilizou o intrumento na trilha sonora do filme Odna. O som eletrônico do theremin foi muito utilizado para produzir efeitos sonoros e melodias em trilhas sonoras de filmes como O dia em que a Terra parou – (1950).

Alguns virtuoses do theremin ajudaram a divulgar o instrumento e colaborar para seu reconhecimento e utilização em repertórios de música erudita. Entre eles destacam-se Clara Rockmore e Lydia Kavina. No Brasil, foi construído e utilizado por Jorge Antunes, na década de 1960, em composições eletroacústicas pioneiras de sua autoria.

O theremin começou a ser empregado na música pop a partir de 1960. Brian Wilson, do grupo The Beach Boys, utilizou sons do theremin na gravação do hit The Good Vibrations em 1966. O guitarrista Jimmi Page, do Led Zeppelin, realizou shows tocando theremin na música Whole Lotta Love.

Após o lançamento do filme Theremin – An Eletronic Odissey em 1994, um ano após a morte de seu inventor, o instrumento despertou ainda mais o interesse de músicos contemporâneos, que o têm utilizado para música eletroacústica e experimental
*****
Fonte:http://www.ufrgs.br/mvs/Periodo01-1919-Teremin.html